Graça

Rua do Beco do Forno, 5, Lisboa, Portugal

Neste edifício de meados do século XIX, composto por quatro frações residenciais, buscamos uma intervenção de demolições assertivas e manutenção dos elementos fundamentais, possibilitando a recriação de moradias mínimas com garantias de conforto e salubridade no contexto contemporâneo. Dado que o quarto interno corresponde ao maior cômodo das frações, sem iluminação e ventilação diretas, a demolição das paredes internas mostrou-se necessária, assim como os pisos pelas paredes sustentados. O invólucro e a caixa de escada são mantidos integralmente. Esta condição torna possível a definição de um núcleo de infraestrutura, com cozinha e casa de banho, separando o cômodo social do cômodo privado, ambos iluminados e ventilados. Nas frações do 1º piso, o vazio da cobertura foi apropriado com a criação de um mezanino solto no meio do vão, acima do núcleo técnico. Para recriação dos pisos, dados os pequenos vãos, optamos por uma estrutura de barrotes de madeira lamelada com chapas de compensado, que amarram os fechamentos e definem os ambientes.

 
 

Planta Proposta [+] Planta Existente [-]

 

Cortes Proposta [+] Cortes Existente [-]

In this building from the mid-nineteenth century, with four residential fractions, we have looked for an intervention, with assertive demolitions and maintenance of fundamental elements that could enable the recreation of minimal housing, guarantying a contemporary sense of comfort and healthiness. Since the interior room corresponds to the largest inside the fraction, with no direct light or ventilation, the internal wall removal was necessary, as well as the floor above. The mains exterior walls and the staircase are maintained integrally. A new infrastructure core is created, with kitchen and bathroom, dividing the social room from the private room, both enlightened and ventilated. In the first floor fractions, the void between the celling and roof was appropriated, with a creation of a mezzanine above the infrastructure core. For the floor, due to the small spans, a laminated wood beams structure is proposed, under a layer of plywood sheets, defining the new environments.

 
 

Ano/Year: 2016_

Em projeto/Ongoing project

Habitação/Housing

Área construída/Built area: 148m2

Cliente/Client: New Living, lda

Equipa/Team: André Costa, Marina Malagolini

Especialidades/Technical Projects: Core Projects